16.1 C
Jarinu
24 de maio de 2022

Moradores e entidades salvam Galápagos de tragédia ecoloógica

Segundo a TV pública alemão, Deutsche Welle (DW), uma rápida ação de moradores e entidades, conseguiu conter um derramamento de combustível nas águas das Ilhas Galápagos, causado pelo naufrágio de um barco com milhares de galões de diesel, evitando um impacto significativo no frágil ecossistema do arquipélago.

O acidente aconteceu no sábado (23), quando o navio turístico Albatros, que estava sem passageiros e transportava cerca de 2 mil galões de diesel, afundou em Puerto Ayora, capital da ilha de Santa Cruz. Segundo as autoridades ambientais do Equador, o acidente deixou uma “mancha superficial de combustível em vários pontos da baía”.

As atividades turísticas em toda a região foram suspensas durante as ações de contenção, sendo retomadas gradualmente no domingo (24).

O local fica a cerca de 1.000 km da costa e tem 198 mil km2 de área marinha protegida, com flora e fauna únicas no mundo, como as tartarugas gigantes que levam seu nome.

Declarada Patrimônio Natural da Humanidade em 1978, é um importante ponto de atração para turistas nacionais e estrangeiros.

Retirado e editado da DW

Mais Notícias

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais lidas