17.2 C
Jarinu
10 de agosto de 2022

Imunossuprimidos tem imunidade aumentada com dose de reforço contra covid-19

Um estudo do Hospital das Clínicas aponta alta resposta imune da CoronaVac como dose de reforço. A pesquisa foi realizada em pacientes imunossuprimidos e mostrou taxas que superam os 90% de positividade de anticorpos IGG para os que tomaram três doses do imunizante. Há também extensão do estudo para a quarta dose de reforço heterólogo com a vacina da Pfizer.

Nádia Aikawa, médica reumatologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), explicou que o estudo contou com mais de mil pacientes com doenças autoimunes (artrite reumatoide, lúpus, entre outras), seguido de um grupo de indivíduos saudáveis, sem doenças imunossupressoras. Com aplicação da terceira dose da vacina, a resposta imunológica dos imunossuprimidos “subiu de 60% para mais de 90% e, entre os controles saudáveis, para 100%. Então, foi uma resposta excepcional”. 

Jornal da USP

Mais Notícias

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais lidas